Autor de atentado na Alemanha deixou manifesto contra imigrantes antes do crime

Antes de morrer, Tobias R. deixou um vídeo onde confessou o crime, e fez declarações contra imigrantes

Policiais vigiam área após ataque a tiros em Hanau
Policiais vigiam área após ataque a tiros em Hanau (Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach)

247 - O atirador que matou nove pessoas em Hanau, Alemanha, deixou antes de morrer um manifesto contra os imigrantes e defendendo o extermínio de estrangeiros oriundos da África do Norte, do Oriente Médio e da Ásia Central, regiões onde a religião dominante é o Islã. 

A população dessas regiões, nas palavras do autor do atentado, seria incapaz de encarnar "a pureza e a superioridade" do povo alemão.

De acordo com Peter Neumann, especialista do King's College, ouvido pelo Le Figaro, Tobias R. tem traços de personalidade típicos de um terrorista. Ele também afirma que Donald Trump "roubou" suas ideias com o slogan "America First", informa a RFI.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247