Autoridades eleitorais americanas dizem que não há evidência de fraude nas eleições dos EUA

Autoridades eleitorais refutaram o presidente Donald Trump, ao informar nesta quinta-feira "não haver evidência" de que votos foram perdidos ou alterados

Trump e Biden durante segundo e último debate antes das eleições nos EUA, em 22 de outubro.
Trump e Biden durante segundo e último debate antes das eleições nos EUA, em 22 de outubro. (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Autoridades eleitorais americanas informaram nesta quinta-feira (12) "não haver evidência" de que votos foram perdidos ou alterados ou de que os sistemas de votação tenham sido corrompidos nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, fazendo cair por terra as acusações de Donald Trump. 

"As eleições de 3 de novembro foram as mais seguras da história americana", informaram, em um comunicado, as autoridades nacionais e estaduais responsáveis por dar segurança ao processo eleitoral, contradizendo as alegações dos republicanos e da Casa Branca, informa o UOL.

"Não há evidência de que qualquer sistema de votação tenha deletado ou perdido votos, tenha alterado votos ou que tenha sido comprometido de alguma forma", afirmaram.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247