Bernie Sanders defende Glenn e exige que governo Bolsonaro pare de atacar a liberdade de imprensa

Político mais popular dos EUA, o senador Bernie Sanders manifestou solidariedade ao jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept, e fez dura advertência ao governo de Bolsonaro. Ele lidera a corrida para ser o candidato democrata à Presidência dos EUA

www.brasil247.com - Bernie Sanders
Bernie Sanders (Foto: Reuters)


247 - Pelo Twitter, o senador democrata Bernie Sanders, que lidera a corrida à indicação do seu partido à Casa Branca, defendeu o jornalista Glenn Greenwald das perseguições de que é vítima no Brasil. 

"A imprensa livre nunca é mais importante do que quando expõe as más ações dos poderosos", escreve Sanders no Twitter.

Na manhã desta quarta-feira (22), Sanders apareceu em primeiro lugar na disputa democrata numa pesquisa da CNN. Bernie Sanders com 27%, contra 24% do ex-vice-presidente Joe Biden. Em terceiro lugar, aparece a senadora Elizabeth Warren, com 14%, enquanto Pete Buttigieg, ex-prefeito de South Bend, Indiana, alcança 11%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No seu tweet, Sanders escreveu ainda que é por cumprir esse parpel que o jornalista do Intercept está sendo perseguido: "É por isso que o presidente Bolsonaro está ameaçando Glenn Greenwald pelo 'crime' de fazer jornalismo".

Finalmente, o senador, que pode ser o próximo presidente dos EUA, fez uma advertência a Bolsonaro e à extrema-direita brasileira: "Exorto o Brasil a encerrar seu ataque autoritário à liberdade de imprensa e ao Estado de Direito".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email