Bernie Sanders diz que Netanyahu é racista e não deveria ser apoiado pelos EUA

O pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Bernie Sanders, descreve Benjamin Netanyahu como um "racista", sublinhando que os Estados Unidos não deveriam apoiá-lo

Bernie Sanders
Bernie Sanders (Foto: Paul Sancya)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Neste momento, Israel está sob a liderança de Benjamin Netanyahu, que recentemente, como se sabe, foi acusado de suborno. Além disso, na minha opinião ele é racista", afirmou nesta quinta-feirta (19) Bernie Sanders, pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos. 

O senador democrata do estado de Vermont também disse que uma de suas prioridades é abandonar a política de intervenções estrangeiras no Oriente Médio, observando que o que é necessário agora é solucionar a terrível crise na Faixa de Gaza sitiada. informa o site iraniano HispanTV.   

A política externa dos EUA é pró-israelense, disse Sanders, que é judeu e viveu em territórios palestinos ocupados quando jovem.   

"Minha política externa se concentrará em direitos humanos, democracia, aproximando pessoas ... tentando negociar acordos, não fazendo guerras sem fim com gastos de bilhões de dólares", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247