Bilionário francês Olivier Dassault morre em acidente de helicóptero

O helicóptero particular caiu na tarde deste domingo (7) na Normandia, onde o bilionário tinha uma casa de férias. Dassault, de 69 anos, era o filho mais velho do bilionário francês Serge Dassault

Olivier Dassault
Olivier Dassault (Foto: Regis Duvignau/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O político conservador e bilionário Olivier Dassault morreu neste domingo (7) em um acidente de helicóptero, informou o presidente da França, Emmanuel Macron.

Dassault, de 69 anos, era o filho mais velho do industrial bilionário francês Serge Dassault, cujo grupo constrói os aviões de guerra Rafale e é dono do jornal Le Figaro.

Macron fez o anúncio através de sua conta no Twitter.

​Olivier Dassault amava a França. Capitão da indústria, legislador, oficial eleito local, comandante da reserva na Força Aérea: durante sua vida, ele nunca deixou de servir ao nosso país, de valorizar seus bens. Sua morte repentina é uma grande perda. Meus sentimentos a sua família e entes queridos.

O helicóptero particular caiu na tarde deste domingo (7) na Normandia, onde o bilionário tinha uma casa de férias, segundo uma fonte da Polícia, segundo publicou a Reuters.

Legislador do partido conservador Republicanos desde 2002, Dassault foi considerado o 361º homem mais rico do mundo ao lado de seus dois irmãos e irmã, de acordo com a lista elaborada em 2020 pela revista Forbes.

Ele deixou seu cargo no conselho da Dassault devido a seu papel político, para evitar qualquer conflito de interesses.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email