Chanceler venezuelana diz que ministro Aloysio Nunes iniciou mal suas funções

A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, afirmou nesta terça-feira (7) que o novo chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, começou "com o pé esquerdo" suas funções como diplomata, depois que ele atacou o país, ao denunciar que lá existe uma "escalada autoritária", e expressar sua "preocupação" com isso

A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, afirmou nesta terça-feira (7) que o novo chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, começou "com o pé esquerdo" suas funções como diplomata, depois que ele atacou o país, ao denunciar que lá existe uma "escalada autoritária", e expressar sua "preocupação" com isso
A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, afirmou nesta terça-feira (7) que o novo chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, começou "com o pé esquerdo" suas funções como diplomata, depois que ele atacou o país, ao denunciar que lá existe uma "escalada autoritária", e expressar sua "preocupação" com isso (Foto: Giuliana Miranda)

Da EFE

A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, afirmou nesta terça-feira (7) que o novo chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, começou "com o pé esquerdo" suas funções como diplomata, depois que ele atacou o país, ao denunciar que lá existe uma "escalada autoritária", e expressar sua "preocupação" com isso.

"O novo chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, começou com o pé esquerdo suas funções, atacando a Venezuela. Enviei para ele o ABC da Diplomacia", disse a ministra venezuelana, através do Twitter.

Além disso, a chanceler disse que essa "não é a diplomacia que os povos necessitam".
O novo ministro brasileiro denunciou nesta terça, em seu primeiro discurso após assumir o cargo, o que qualificou de "escalada autoritária" existente na Venezuela, enquanto expressou "a solidariedade do Brasil com aqueles que lutam para restaurar a democracia" no país petroleiro.

O advogado, de 71 anos, foi nomeado pelo presidente Michel Temer para cobrir a vaga deixada por José Serra, que saiu do ministério há dez dias por problemas de saúde.

Em seu discurso, Aloysio Nunes ressaltou que manterá a linha crítica ao governo de Nicolás Maduro e lembrou que, como senador e membro da Comissão de Relações Exteriores do Senado, permaneceu "sempre" em contato com a oposição venezuelana.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Mundo

EUA ativam tratado TIAR contra Venezuela

Os Estados Unidos e países satélites membros da Organização de Estados Americanos (OES) invocaram o Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) contra a Venezuela nesta terça-feira (17).

Ao vivo na TV 247 Youtube 247