Chile: manifestantes que perderam parcial ou completamente a visão denunciam ação policial

200 manifestantes que foram alvejados nos olhos por balas de borracha ou esferas de chumbo, durante os protestos que sacodem o Chile, ocuparam as ruas de Santiago com objetivo de denunciar a extrema violência da polícia chilena

(Foto: Reprodução)

247 - 200 manifestantes que foram alvejados nos olhos por balas de borracha ou esferas de chumbo, durante os protestos que sacodem o Chile, ocuparam as ruas da caítal Santiago com objetivo de denunciar a extrema violência da polícia chilena. A população promove manifestações nas ruas do país há mais de um mês contra o modelo neoliberal vigente, modelo aplicado desde os tempos do ditador Augusto Pinochet. 

O número de mortos no país chegou a 23, segundo um balanço divulgado neste sábado (16) pelo governo.

Veja: 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247