China anuncia planos para desenvolvimento da Grande Baía

O governo chinês divulgou nesta segunda-feira (18) o esboço do plano de desenvolvimento para a Grande Área da Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, visando transformar a região em "um modelo exemplar do desenvolvimento de alta qualidade"; o plano foi divulgado pelo Comitê Central do Partido Comunista da China e pelo Conselho de Estado

China anuncia planos para desenvolvimento da Grande Baía
China anuncia planos para desenvolvimento da Grande Baía

247, com Xinhua e Reuters - O governo chinês divulgou nesta segunda-feira (18) o esboço do plano de desenvolvimento para a Grande Área da Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, visando transformar a região em "um modelo exemplar do desenvolvimento de alta qualidade".

O plano foi divulgado pelo Comitê Central do Partido Comunista da China e pelo Conselho de Estado.

O documento inclui 11 capítulos: o contexto do plano; os requisitos gerais; a disposição espacial; o desenvolvimento de um centro internacional de inovação e tecnologia; a aceleração da conectividade infraestrutural; a construção de um sistema industrial moderno globalmente competitivo; a promoção da conservação ecológica; o desenvolvimento de um círculo de vida de qualidade para vida, trabalho e viagem; o fortalecimento da cooperação e participação conjunta na Iniciativa do Cinturão e Rota; o desenvolvimento conjunto de plataformas de cooperação Guangdong-Hong Kong-Macau e a implementação do plano.

A área abriga cerca de 68 milhões de pessoas e tem um Produto Interno Bruto (PIB) combinado de cerca de 1,5 trilhão de dólares, praticamente o equivalente ao da Austrália ou da Coreia do Sul.

Os planos "enfatizarão e apoiarão ainda mais um papel de destaque da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau no desenvolvimento econômico e na abertura nacionais", disse o Conselho de Estadonas diretrizes.

O plano geral, que inclui metas de longo prazo até 2035, é transformar a Área da Grande Baía em um centro de inovação tecnológica global e construir indústrias de manufatura avançada e de serviços modernos, informou o governo chinês.

A executiva-chefe de Hong Kong, Carrie Lam, saudou o plano.

"Ele pode ajudar a identificar novas áreas de crescimento para Hong Kong e fomentar o desenvolvimento diversificado de sua economia e indústrias", disse o governo de Hong Kong.

A área cobre cidades de Guangdong, como Guangzhou, Shenzhen e Zhuhai, além de cidades de Hong Kong e Macau. Promoverá "o desenvolvimento coordenado e criará um modelo de desenvolvimento de alta qualidade", segundo o governo chinês.

As autoridades expandirão e modernizarão aeroportos nas quatro cidades essenciais de Hong Kong, Macau, Guangzhou e Shenzhen e acelerarão a construção de bases de reserva de petróleo de larga escala na área do Delta do Rio das Pérolas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247