China diz que suspensão de verba americana à OMS mina cooperação contra coronavírus

A China ficou "profundamente preocupada" com o anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de suspender a contribuição financeira americana à Organização Mundial da Saúde (OMS)

Xi Jinping e o diretor-geral da OMS
Xi Jinping e o diretor-geral da OMS (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Esta decisão vai reduzir a capacidade da OMS e minar a cooperação internacional contra a epidemia", lamentou Zhao Lijian, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, ao comentar a decisão de Donald Trump de suspender a contribuição financeira à OMS.  

Trump tentou justificar sua decisão alegando que a OMS tem uma postura pró-China.

Informações do UOL

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247