China faz balanço positivo e diz que quer construir sociedade próspera até 2020

A China realizou na semana passada uma conferência sobre a atividade econômica para traçar o rumo para a economia em 2019; o objetivo proclamado é construir uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos até 2020.

China faz balanço positivo e diz que quer construir sociedade próspera até 2020
China faz balanço positivo e diz que quer construir sociedade próspera até 2020

247, com Xinhua - Em um discurso pronunciado na conferência, o presidente Xi Jinping fez um balanço da atividade econômica em 2018, analisou a atual situação econômica e traçou diretrizes para o próximo ano.

Segundo comunicado emitido após a reunião, a China respondeu com eficácia às mudanças profundas no ambiente externo no ano que finda, enfrentou desafios com um trabalho sólido, alcançou os objetivos da macro-regulação relativamente bem e teve um bom começo nas três batalhas duras contra os principais riscos, pobreza e poluição, segundo um comunicado emitido após a reunião.

Ao mesmo tempo, o país aprofundou a reforma estrutural no lado da oferta, impulsionou a reforma e abertura com maiores esforços, lidou adequadamente com as fricções econômicas e comerciais sino-americanas, melhorou o bem-estar do povo e manteve um desenvolvimento econômico sustentável e saudável, bem como a estabilidade social no geral.

O país "deu novos passos para concluir a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos", disse o comunicado.

O documento assinala que o país deve defender a liderança centralizada e unificada do Comitê Central do Partido Comunista; avaliar as circunstâncias atuais a partir de uma perspectiva de longo prazo e ter uma visão clara sobre as perspectivas de desenvolvimento promissoras de longo prazo do país; fazer uma macro-regulação precisa, ajustar ativamente as políticas e melhorar a coordenação das políticas; responder oportunamente às preocupações da sociedade e orientar as expectativas do mercado de maneira direcionada; e desempenhar plenamente a iniciativa de todas as partes para formar sinergia.

"Embora reconheçamos plenamente as conquistas, devemos ter em mente os novos e preocupantes desenvolvimentos em meio a uma operação econômica geralmente estável. O ambiente externo é complicado e severo, e a economia enfrenta uma pressão para baixo", segundo o comunicado.

Para transformar a pressão em ímpeto para o desenvolvimento de alta qualidade, a China deve acelerar a otimização e a atualização de sua estrutura econômica, fortalecer a capacidade de inovação tecnológica, aprofundar a reforma e abertura, impulsionar o desenvolvimento sustentável, e participar da reforma do sistema de governança econômica global.

Garantir o trabalho econômico saudável é especialmente importante para 2019, que marca o 70º aniversário da fundação da República Popular da China e é chave para a construção de uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, disse o comunicado.

A China fortalecerá os ajustes anticíclicos em sua macropolítica, continuará implementando a política fiscal proativa e a política monetária prudente, fará ajustes preventivos e finos nas políticas em tempos adequados, e garantirá a demanda agregada estável, segundo o comunicado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247