Conselho de Segurança da ONU impõe novas sanções à Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) impôs nesta segunda-feira (11), com uma decisão unânime, novas sanções contra a Coreia do Norte; decisão ocorre após o sexto - e mais poderoso - teste nuclear do país, realizado em 3 de setembro; com a decisão, a ONU proíbe a Coreia do Norte de importar todos os líquidos de gás natural e condensados, enquanto reduz as importações de petróleo bruto ao nível dos últimos 12 meses, e limita a importação de produtos petrolíferos refinados para 2 milhões de barris por ano

O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) impôs nesta segunda-feira (11), com uma decisão unânime, novas sanções contra a Coreia do Norte; decisão ocorre após o sexto - e mais poderoso - teste nuclear do país, realizado em 3 de setembro; com a decisão, a ONU proíbe a Coreia do Norte de importar todos os líquidos de gás natural e condensados, enquanto reduz as importações de petróleo bruto ao nível dos últimos 12 meses, e limita a importação de produtos petrolíferos refinados para 2 milhões de barris por ano
O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) impôs nesta segunda-feira (11), com uma decisão unânime, novas sanções contra a Coreia do Norte; decisão ocorre após o sexto - e mais poderoso - teste nuclear do país, realizado em 3 de setembro; com a decisão, a ONU proíbe a Coreia do Norte de importar todos os líquidos de gás natural e condensados, enquanto reduz as importações de petróleo bruto ao nível dos últimos 12 meses, e limita a importação de produtos petrolíferos refinados para 2 milhões de barris por ano (Foto: Aquiles Lins)

Infomoney - O Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) impôs nesta segunda-feira (11), com uma decisão unânime, novas sanções contra a Coreia do Norte. A decisão ocorre após o sexto - e mais poderoso - teste nuclear do país, realizado em 3 de setembro.

Com a decisão, a ONU proíbe a Coreia do Norte de importar todos os líquidos de gás natural e condensados, enquanto reduz as importações de petróleo bruto ao nível dos últimos 12 meses, e limita a importação de produtos petrolíferos refinados para 2 milhões de barris por ano.

As sanções também impedem as exportações de têxteis e proíbe todos os países de autorizar novas licenças de trabalho para trabalhadores norte-coreanos, duas fontes-chave de receita para o regime norte-coreano.

Esta á a nona rodada de sanções aprovada pelo conselho contra a Coreia do Norte desde 2006. Os Estados Unidos atenuaram um primeiro esboço de resolução mais rígido para ganhar o apoio de China e Rússia, aliadas do governo de Kim Jong-un.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247