Coreia do Norte fez novo lançamento de míssil balístico

Agências de notícias internacionais comunicaram que os norte-coreanos parecem ter lançado um míssil que teria caído na zona econômica exclusiva do Japão; durante os últimos meses, a Coreia do Norte tem realizando vários testes de mísseis, que são considerados como uma violação grave das resoluções do Conselho da Segurança da ONU; último lançamento foi levado a cabo em 4 de julho, quando Pyongyang anunciou o lançamento bem-sucedido de um míssil balístico intercontinental Hwasong-14

Míssil balístico Hwasong-14 em foto divulgada pela Agência de Notícias Central da Coreia do Norte, em Pyongyang. 05/07/2017 KCNA/via REUTERS
Míssil balístico Hwasong-14 em foto divulgada pela Agência de Notícias Central da Coreia do Norte, em Pyongyang. 05/07/2017 KCNA/via REUTERS (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - A agência Reuters, citando a agência NHK, comunica que os norte-coreanos parecem ter lançado um míssil que terá caído na zona econômica exclusiva do Japão.

A Coreia do Norte lançou um projétil que parece ser um míssil, comunica a agência Kyodo citando o governo japonês e a agência Reuters comunica que o premiê japonês Shinzo Abe convocou uma reunião urgente do governo por causa do lançamento em questão.

Militares sul-coreanos confirmam que Coreia do Norte realizou um lançamento de míssil na província de Chagang, relata a mídia.

Durante os últimos meses, a Coreia do Norte tem realizando vários testes de mísseis, que são considerados como uma violação grave das resoluções do Conselho da Segurança da ONU.

O último lançamento foi levado a cabo em 4 de julho, quando Pyongyang anunciou o lançamento bem-sucedido de um míssil balístico intercontinental Hwasong-14.

Pentágono declara que detectou o que ele definiu como o lançamento de um míssil balístico a partir da Coreia do Norte.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247