Cresce no Reino Unido pressão pela queda de Boris Johnson

O primeiro-ministro escocês Nicola Sturgeon disse nesta sexta-feira (27) que chegou a hora de os membros do Parlamento expulsarem o primeiro-ministro Boris Johnson para remover o risco de um Brexit não negociado

(Foto: STEFAN ROUSSEAU)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bloomberg - O líder escocês Nicola Sturgeon defende a demissão do primeiro-ministro bruitânico Boris Johnson. 

Sturgeon disse nesta sexta-feira (27) que chegou a hora de os membros do Parlamento expulsarem o primeiro-ministro Boris Johnson para remover o risco de um Brexit não negociado. 

O Partido Nacional Escocês, de Sturgeon, estaria disposto a apoiar o líder trabalhista Jeremy Corbyn ou outro deputado como primeiro-ministro temporário.  

O chefe do governo escocês pediu que a oposição política da Grã-Bretanha se unisse em torno de um candidato para substituir Boris Johnson como primeiro-ministro. 

Se todos os outros partidos da oposição estiverem de acordo, isso poderá abrir caminho à queda de Johnson e a um governo liderado pelo líder trabalhista Jeremy Corbyn dentro de semanas ou dias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email