Cristina Kirchner: o povo quer mudança, pois “como estamos não está bom”

Em seu primeiro pronunciamento após o triunfo da chapa Frente de Todos nas primárias, a candidata à vice-presidência da Argentina, Cristina Kirchner, afirmou que o resultado mostra o clamor das urnas por mudanças. "Muitos argentinos e argentinas compreendem que as coisas devem mudar no país, porque assim como estamos não está bom"

Cristina Kirchner
Cristina Kirchner (Foto: Reuters)

247 - Em seu primeiro pronunciamento após o triunfo da chapa Frente de Todos nas primárias deste domingo (11), a candidata à vice-presidência da Argentina, Cristina Kirchner, afirmou que o resultado mostra o clamor das urnas por mudanças. A chapa dela obteve vantagem de quase 15 pontos percentuais com relação ao atual presidente Mauricio Macri.

“Muitos argentinos e argentinas compreendem que as coisas devem mudar no país, porque assim como estamos não está bom. Não estamos vivendo bem, não estamos tranquilos. São muito grandes as dificuldades. Por isso quero agradecer quem acreditou e apoiou a proposta da Frente de Todos”, disse, em transmissão ao vivo divulgada no Twitter de Alberto Fernández, candidato à presidência da chapa.

A chapa progressista encabeçada por Fernandez estava com cerca de 47% da votação (cerca de 90% das urnas apuradas) e o grupo conservador de direita liderado pelo atual mandatário, Mauricio Macri tinha 32%. O primeiro turno das eleições gerais está marcado para 27 de outubro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247