Cuba e China fortalecem laços de amizade e cooperação

As relações bilaterais entre os países socialistas se fortalecem em todos os terrenos

www.brasil247.com - Romero Acosta e Ma Hui
Romero Acosta e Ma Hui (Foto: Prensa Latina)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O fortalecimento dos laços de amizade e cooperação entre Cuba e a China foi destacado nesta terça-feira (23) em um encontro entre o secretário do parlamento da ilha caribenha, Homero Acosta, e Ma Hui, embaixador chinês em Cuba, informa a Prensa Latina.

Durante o intercâmbio, as partes ressaltaram a intenção de consolidar os laços entre os dois povos, partidos, governos e legislativos, numa relação que em setembro passado comemorou 61 anos.

Acosta agradeceu à China a solidariedade demonstrada a Cuba e sua posição firme contra o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto à nação caribenha pelos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

De acordo com informações publicadas no site do parlamento cubano, Ma Hui recebeu uma atualização sobre o andamento da atividade legislativa na ilha, bem como o processo de prestação de contas dos delegados de base aos seus constituintes.

Outros temas abordados foram o fortalecimento do Poder Popular - após os desafios delineados no 8ª. Congresso do Partido Comunista de Cuba e da 2ª Sessão Plenária do Comitê Central do Partido.

O embaixador chinês em Havana ratificou a solidariedade com Cuba diante das mais recentes tentativas de desestabilização, ao mesmo tempo em que reconheceu os resultados da ilha no enfrentamento da Covid-19 e no desenvolvimento de suas próprias vacinas.

PUBLICIDADE

Ma Hui lembrou que Cuba foi a primeira nação do Hemisfério Ocidental a estabelecer relações diplomáticas com o país asiático, referindo-se aos principais marcos da Sexta Sessão Plenária do 19º Comitê Central do Partido Comunista da China e à experiência acumulada por 100 anos por esta organização política.

Da mesma forma, lembrou o intercâmbio virtual realizado em maio passado entre o chefe do parlamento cubano, Esteban Lazo, e o presidente do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo da China, Li Zhanshu.

O diplomata chinês se reuniu também com Rogelio Polanco, membro do Secretariado do Comitê Central do Partido Counista de Cuba e chefe do Departamento de Ideologia.

PUBLICIDADE

Conforme publicado por Polanco em sua conta no Twitter, ambas as partes condenaram as ações intervencionistas do governo dos Estados Unidos contra os dois países e trocaram informações sobre os processos políticos do PCC e do Partido Comunista Chinês.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email