Líderes democratas estão dispostos a sacrificar partido para barrar candidatura Sanders, que ganha força

A cúpula do Partido Democrata diz estar preocupada com o fato de Bernie Sanders, um socialista com apoio apaixonado, possa perder para o presidente Donald Trump e afastar candidatos moderados da Câmara e do Senado

Bernie Sanders diz que irá legalizar a maconha.
Bernie Sanders diz que irá legalizar a maconha. (Foto: REUTERS/Randall Hill)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os líderes do establishment democrata não estão apenas preocupados com a candidatura de Bernie Sanders: estão dispostos a arriscar danos dentro do próprio partido para barrar sua indicação na Convenção Nacional Democrata, em julho. 

Após a vitória do candidato no caucus de Nevada, no último sábado, o jornal New York Times entrevistou 93 superdelegados — de um total de 771 — e encontrou uma oposição esmagadora à indicação do senador de Vermont caso ele não consiga a maioria dos delegados na Superterça. A situação pode resultar em uma convenção intermediária, uma batalha política complicada que os democratas não travam desde 1952, quando o candidato era Adlai Stevenson. A informação pe do jornal O Globo. 

Da Califórnia às Carolinas, passando por Dakota do Norte a Ohio, os líderes do partido dizem estar preocupados com o fato de Sanders, um socialista com apoio apaixonado, possa perder para o presidente Donald Trump e afastar candidatos moderados da Câmara e do Senado nos swing states (estados sem perfil eleitoral definido, que podem votar tanto num candidato democrata quanto num republicano) com sua agenda de esquerda que inclui o Medicare for all, sua proposta de saúde universal, e de uma universidade pública gratuita.

Sanders e seus conselheiros insistem que o contrário também é verdadeiro — que suas ideias causarão grande entusiasmo entre os jovens e os eleitores da classe trabalhadora e levarão a uma participação recorde nas eleições.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247