Diplomata francês reage com ironia à declaração de Bolsonaro sobre imigração

O embaixador francês nos Estados Unidos, Gérard Araud, rebateu no Twitter as críticas à política de imigração da França feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. "63.880 homicídios no Brasil em 2017, 825 na França. Sem comentários", postou o diplomata fazendo menção ao tuíte da agência de notícias France Presse que destacou uma frase de Bolsonaro feita em uma live pela internet na última terça-feira (18), onde disse que a imigração estava tornado a vida "insuportável" em algumas partes da França

Diplomata francês reage com ironia à declaração de Bolsonaro sobre imigração
Diplomata francês reage com ironia à declaração de Bolsonaro sobre imigração
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O embaixador francês nos Estados Unidos, Gérard Araud, rebateu no Twitter as críticas à política de imigração da França feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. "63.880 homicídios no Brasil em 2017, 825 na França. Sem comentários", postou o diplomata fazendo menção ao tuíte da agência de notícias France Presse que destacou uma frase de Bolsonaro feita em uma live pela internet na última terça-feira (18). (Leia mais sobre o assunto no Brasil 247)

No vídeo, Bolsonaro afirmou ser "insuportável viver em algumas partes da França" devido aos imigrantes e que o seu governo deverá implantar medidas mais rigorosas em relação a imigração no Brasil. "Todo mundo sabe o que está acontecendo na França, é simplesmente insuportável viver em certos lugares da França", afirmou Bolsonaro.

Confira o Twitter de de Gérad Araud sobre o assunto. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email