Duas integrantes da banda punk Pussy Riot fogem da Rússia

Artistas estão sendo procuradas pela polícia russa por terem participado do protesto realizado na maior igreja ortodoxa do país em fevereiro deste ano

Duas integrantes da banda punk Pussy Riot fogem da Rússia
Duas integrantes da banda punk Pussy Riot fogem da Rússia (Foto: Reuters)

Sul 21 - Duas integrantes da banda punk feminina Pussy Riot fugiram da Rússia, conforme informou o grupo no domingo (26) em sua página na rede social. As artistas estão sendo procuradas pela polícia russa por terem participado do protesto realizado na maior igreja ortodoxa do país em fevereiro deste ano. 

Vestindo gorros coloridos que encombriam o rosto, o grupo de cinco mulheres cantou "Virgem Maria, expulse Putin" no altar da catedral para criticar o apoio do patriarca (cargo mais alto na hierarquia da religião ortodoxa) ao presidente russo  Vladimir Putin na última eleição. (veja vídeo abaixo)

As autoridades russas conseguiram identificar somente três das integrantes. Elas foram condenadas no dia 17 de agosto a dois anos de prisão por "vandalismo motivado por ódio religioso".

Um dia após o anúncio da sentença, a polícia do país anunciou que estava procurando as duas outras ativistas não identificadas. Neste domingo (26), as Pussy Riot disseram que elas estavam fugindo do país e "recrutando feministas estrangeiras para preparar novas ações de protesto", segundo o jornal britânico The Guardian.

Protestos pedindo a liberdade das integrantes da banda percorreram cidades de todo o mundo nesta semana, chegando a mobilizar até mesmo artistas que se apresentaram na país. Sting, Red Hot Chili Peppers e Madonna pediram em suas apresentações pela libertação das integrantes da banda punk.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247