Em guerra infantil contra a China, Trump proíbe o Tik Tok nos Estados Unidos

Segundo o presidente norte-americano, a proibição poderá entrar em vigor a partir de 1º de agosto e será implementada devido a "temores de segurança". Aplicativo é usado por crianças e adolescentes

Donald Trump volta a atacar a China
Donald Trump volta a atacar a China (Foto: REUTERS/Leah Millis)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik – O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (31) que a rede social TikTok será proibida nos Estados Unidos.

Segundo o presidente norte-americano, a proibição poderá entrar em vigor a partir de 1º de agosto e será implementada devido a "temores de segurança". Para isso, poderia recorrer a uma ordem executiva ou ao uso de poderes econômicos emergenciais.

"Quanto ao TikTok, vamos proibi-lo nos Estados Unidos [...] Bem, eu tenho autoridade para fazê-lo. Posso fazê-lo com uma ordem executiva ou com isso", disse o presidente, referindo-se ao uso de poderes econômicos de emergência.

Os planos para proibir as operações de redes sociais chinesas no território norte-americano surgiram após vários senadores republicanos terem sugerido que a China poderia interferir nas eleições presidenciais dos EUA por meio do TikTok, que é uma plataforma para publicação de vídeos musicais curtos.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247