Erdogan ameaça romper relações com Estados Unidos

"Os EUA que nos desculpem, mas as leis dos nossos laços e acordos bilaterais estão perdendo a validade. Estou triste por dizê-lo, mas é assim que será a partir de agora", disse o presidente da Turquia, após a condenação de um banqueiro do país, acusado de ajudar o Irã a contornar sanções

Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou na sexta-feira (5) que as relações e acordos bilaterais com os EUA "estão perdendo validade". Este aviso de Erdogan está relacionado, particularmente, com a condenação de um banqueiro turco nos EUA.

Nesta quarta-feira (3), o júri de um tribunal federal dos EUA condenou o diretor executivo do banco estatal Halkbank por ajudar o Irã a contornar as sanções no contexto de um processo judicial que Erdogan avaliou como um ataque político contra seu governo.

"Se é esta a noção de justiça dos EUA, então o mundo está condenado", afirmou Erdogan durante uma coletiva de imprensa antes de partir para a França em visita oficial, comunica a Reuters, sendo que estes foram seus primeiros comentários oficiais deste o pronunciamento da sentença.

"Os EUA que nos desculpem, mas as leis dos nossos laços e acordos bilaterais estão perdendo a validade. Estou triste por dizê-lo, mas é assim que será a partir de agora", adiantou.

Ontem (4), a chancelaria turca condenou a sentença, considerando-a como uma intervenção inédita nos assuntos internos da Turquia.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Mundo

China rejeita lei dos EUA sobre Hong Kong

A China expressou nesta quarta-feira (16) indignação e rejeição à chamada Lei dos Direitos Humanos e Democracia de Hong Kong 2019, apoiada no Congresso dos Estados Unidos, alertando que tomará...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247