Erdogan: responsáveis por atentado querem o caos na Turquia

"Condeno de forma decisiva o atentado que aconteceu em Istambul nas primeiras horas de 2017. Os que realizaram este ato desumano, orientado contra civis, esforçam-se por instalar o caos no nosso país e quebrar o moral do nosso povo. Estamos decididos a eliminar o terrorismo e as ameaças para o nosso país. Estes ataques estão ligados aos desenvolvimentos na nossa região", diz-se na declaração de Erdogan publicada no seu site oficial

Erdogan: responsáveis por atentado querem o caos na Turquia
Erdogan: responsáveis por atentado querem o caos na Turquia (Foto: UMIT BEKTAS)

Da Agência Sputinik

O ataque terrorista em Istambul não pode ser visto separadamente da situação na região, disse o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

"Condeno de forma decisiva o atentado que aconteceu em Istambul nas primeiras horas de 2017. Os que realizaram este ato desumano, orientado contra civis, esforçam-se por instalar o caos no nosso país e quebrar o moral do nosso povo. Estamos decididos a eliminar o terrorismo e as ameaças para o nosso país. Estes ataques estão ligados aos desenvolvimentos na nossa região", diz-se na declaração de Erdogan publicada no seu site oficial.

O presidente destacou que o seu país "continuará a luta não somente contra ataques armados, mas também contra sabotagens econômicas, políticas e sociais". A polícia turca identificou o taxi usado pelo terrorista para chegar ao local do atentado e já está interrogando o taxista. O ataque terrorista contra o boate Reina em Istambul aconteceu na noite de Ano Novo.

O terrorista, vestido de Santa Claus, disparou uma arma de fogo contra os presentes.  Morreram 39 pessoas, mais 69 ficaram feridas. As buscas do terrorista continuam até o momento atual. O presidente russo Vladimir Putin expressou as suas condolências ao povo turco na sequência do atentado.

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201701017332832-erdogan-atentado-istambul-regiao/

Ao vivo na TV 247 Youtube 247