EUA: juiz condena Braskem a pagar quase R$ 1 bilhão

O juiz norte-americano John D. Bates, de Washington (nos Estados Unidos), ordenou a Braskem, o braço petroquímico da construtora Odebrecht, a pagar quase R$ 1 bilhão, como resultado do acordo de colaboração firmado pelo grupo com os EUA; pagamento deve ocorrer em duas etapas: US$ 65 milhões, ou R$ 195 milhões ao câmbio de quarta-feira (1), num prazo de 60 dias, e os outros US$ 260 milhões, ou cerca de R$ 780 milhões, até 28 de janeiro do ano que vem

PETRO 797 16/03/2012 SANTO ANDRE - SP / ECONOMIA OE / BRASKEM - P�lo petroqu�mico da Braskem em Santo Andr�, bairro Parque Capuava. 
PETRO 797 16/03/2012 SANTO ANDRE - SP / ECONOMIA OE / BRASKEM - P�lo petroqu�mico da Braskem em Santo Andr�, bairro Parque Capuava.  (Foto: José Barbacena)

247 - O juiz norte-americano John D. Bates, de Washington (nos Estados Unidos), ordenou a Braskem, o braço petroquímico da construtora Odebrecht, a pagar quase R$ 1 bilhão, como resultado do acordo de colaboração firmado pelo grupo com os EUA.

O pagamento deve ocorrer em duas etapas: US$ 65 milhões, ou R$ 195 milhões ao câmbio de quarta-feira (1), num prazo de 60 dias, e os outros US$ 260 milhões, ou cerca de R$ 780 milhões, até 28 de janeiro do ano que vem.

Com a decisão, tomada na terça-feira (28), o juiz acolheu e deu validade a todos os termos do acordo assinado entre Braskem, Departamento de Justiça e SEC, espécie de xerife do mercado de ações dos EUA, equivalente à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247