EUA se preparam para uma 'guerra diplomática' contra China

O governo dos EUA fará uma série de acusações contra a China nas próximas semanas, revelou o portal de notícias Axios, citando fontes familiarizadas com as discussões internas da administração Trump

EUA se preparam para uma 'guerra diplomática' contra China
EUA se preparam para uma 'guerra diplomática' contra China

247, com Sputnik - O governo dos EUA fará uma série de acusações contra a China nas próximas semanas, revelou o portal de notícias Axios, citando fontes familiarizadas com as discussões internas da administração Trump.

A Casa Branca divulgará novas informações sobre supostas ações hostis da China contra os setores público e privado dos EUA, e agirá em conformidade. Em particular, denunciará o que considera a "atividade maligna" da China na forma de ataques cibernéticos, interferência eleitoral, guerra industrial e roubo de propriedade intelectual, disse uma fonte do governo.

"Vamos mostrar como os chineses se infiltraram nos EUA e o que estamos fazendo para neutralizar isso", disse a fonte.

A administração dos EUA, acrescentou, tem "toneladas de dados" para apoiar essas acusações.

Será uma ofensiva em larga escala, com participação de funcionários da Casa Branca, liderados por altos funcionários do Conselho de Segurança Nacional, bem como pelos departamentos de Estado, Comércio e Tesouro.

"Não vamos deixar a Rússia ser o foco", disse um funcionário da Casa Branca. "São a Rússia e a China", acrescentou.

Nenhum funcionário da administração, diz Axios, explicou os motivos dessa decisão. Também não está claro até que ponto o presidente Donald Trump liderará essa ofensiva retórica. É provável, por exemplo, que Trump continue a dizer coisas positivas sobre seu colega chinês, Xi Jinping, para proteger o relacionamento e deixar os falcões agirem, disse o consultor econômico Peter Navarro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247