EUA suspendem voos de 4 companhias aéreas chinesas

A medida, segundo a agência de notícias Associated Press, é uma resposta à decisão da China de não permitir as empresas United Airlines e Delta Air Lines retomarem voos esta semana para a China

Donald Trump e Xi Jinping
Donald Trump e Xi Jinping (Foto: REUTERS / Carlos Barria)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - Em uma decisão que deve escalar a tensão comercial entre as duas maiores economias do mundo, o governo de Donald Trump decidiu nesta quarta-feira (3) impedir voos de empresas chinesas para os Estados Unidos. 

O Departamento de Transporte afirmou que suspenderá os voos de passageiros de quatro companhias aéreas chinesas a partir de 16 de junho. Serão barrados voos que têm como origem ou destino os Estados Unidos. 

A medida, segundo a agência de notícias Associated Press, é uma resposta à decisão da China de não permitir as empresas United Airlines e Delta Air Lines retomarem voos esta semana para a China. As viagens foram suspensas no início deste ano em resposta à pandemia de coronavírus.

O Departamento de Transporte disse que a China está violando um acordo entre os dois países que regulamenta voos de companhias aéreas e que continuará em contato com Pequim para que as empresas dos países "possam exercer plenamente seus direitos bilaterais". 

"Enquanto isso, permitiremos que as transportadoras chinesas operem o mesmo número de voos regulares de passageiros que o governo chinês permite aos nossos'', afirmou o Departamento de Transporte.

A medida poderá entrar em vigor antes de 16 de junho, de acordo com Departamento de Transporte.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email