Exército Sírio Livre assume autoria de ataque em Damasco

Ataque à bomba foi feito nas mediações de um hotel na capital síria, local utilizado como hospedagem pelos observadores internacionais da ONU; três pessoas ficaram feridas

Exército Sírio Livre assume autoria de ataque em Damasco
Exército Sírio Livre assume autoria de ataque em Damasco (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Renata Giraldi, da Agência Brasil– O Exército Sírio Livre (ESL), um dos braços da oposição na Síria, assumiu nesta quarta-feira 15  a responsabilidade pelo ataque à bomba nas mediações de um hotel em Damasco, capital do país. Três pessoas ficaram feridas no ataque. O local é utilizado como hospedagem pelos observadores internacionais da Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com informações preliminares, o ESL queria atingir a sede de um comando militar no qual há reuniões de Exército e do grupo Shabiha (milícia pró-governo). O ataque ocorreu às vésperas das reuniões do Conselho de Segurança da ONU, nos Estados Unidos, e da Organização da Conferência Islâmica (OCI), na Arábia Saudita.

Na sessão da OCI, a tendência é aprovar a suspensão da Síria da organização. Um texto será examinado pelos representantes dos 57 países integrantes da entidade. A proposta foi apresentada pelo governo saudita. A iniciativa pode acentuar o isolamento do presidente sírio, Bashar Al Assad, que sofre sanções internacionais.

O Irã, que também integra a organização, é contrário à sanção. "Estou claramente contra a suspensão, não importa de qual país", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Ali Akbar Salehi. "Suspender um país não significa avançar na resolução do problema", argumentou.

No texto, os líderes dos países muçulmanos ressaltam a falta de avanços nas negociações internacionais em busca do fim da violência na Síria, que dura 17 meses,  e matou mais de 20 mil pessoas.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email