Família de Pinochet é obrigada a devolver mais de R$ 19 milhões por corrupção

Ditador chileno foi considerado culpado pela Justiça de desvair dinheiro; decisão da Suprema Corte não cabe mais recurso

Família de Pinochet é obrigada a devolver mais de R$ 19 milhões por corrupção
Família de Pinochet é obrigada a devolver mais de R$ 19 milhões por corrupção (Foto: AFP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum A família do ditador Augusto Pinochet terá de devolver US$ 5,1 milhões (R$ 19,6 milhões), que estavam guardados em contas secretas ligadas a ele e que têm origem em esquemas de corrupção, que existiram durante seu governo, entre os anos de 1973 e 1990. A decisão, que não cabe mais recurso, foi da Suprema Corte do Chile, segundo a Folha de S.Paulo.

Além disso, deverão ir a leilão três veículos e 24 propriedades do ditador, que morreu em 2006. De acordo com a Justiça chilena, Pinochet e outros militares de alto escalão de seu governo desviaram juntos US$ 6,4 milhões (R$ 24,7 milhões) dos cofres chilenos. O dinheiro de Pinochet estava dividido em 125 contas do antigo Riggs Bank, que tinha sede em Washington, descobertas por acaso em 2004.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247