Fãs de K-pop no TikTok esvaziam comício de Trump: reservam lugares e não vão

Um movimento feito por de fãs de K-pop (a música pop coreana), esvaziou o comício de Donald Trump, em Oklahoma

(Foto: REUTERS/Leah Millis/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O primeiro comício da campanha de Donald Trump, após o início da pandamia foi realizado num estádio em Tulsa, Oklahoma, com capacidade para 19 mil pessoas. Apesar de todos os lugares estarem reservados, o estádio não lotou o que desapontou a equipe de campanha.

No Twitter, o coordenador de campanha de Trump, Brad Pascale, culpou “manifestantes radicais, inflamados por uma semana de cobertura apocalíptica da mídia”, pelos lugares vazios no ginásio.

Mas a explicação para os lugares vazios foi um movimento feito por jovens fãs de K-pop (a música pop coreana). O boicote foi combinado pelo TikTok, a rede social que é um fenômeno entre os adolescentes.

De acordo com reportagem do New York Times, os fãs trocaram a celebração de seus ídolos por um ato contra Trump impulsionado pelo movimento “Black Lives Matter”, que repudia a violência policial contra negros.

Eles combinaram de reservar milhares de entradas para o comício eleitoral de Trump e não apareceram. Segundo o site Business Insider, o movimento postou vídeos com ingressos para o comício enquanto dançavam a música Macarena. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247