Finlândia pede paciência após Turquia não apoiar entrada na Otan: "vamos lidar com as questões passo a passo"

O ministro das Relações Exteriores finlandês, Pekka Haavisto, afirmou que a "Turquia apoia os objetivos da Finlândia"

www.brasil247.com - Ministro das Relações Exteriores finlandês, Pekka Haavisto
Ministro das Relações Exteriores finlandês, Pekka Haavisto (Foto: LEHTIKUVA/REUTERS)


Por Essi Lehto

HELSINQUE (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Finlândia, Pekka Haavisto, pediu paciência, nesta sexta-feira, e uma abordagem passo a passo em resposta à resistência da Turquia à entrada dos finlandeses e da Suécia na Otan.

O presidente turco, Tayyip Erdogan, havia dito mais cedo que a Turquia, integrante da Otan, não apoia os planos finlandeses e suecos de se juntarem à aliança militar, erguendo uma possível barreira porque a entrada de um novo membro exige apoio unânime de todos os 30 Estados-membros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Precisamos de paciência nesse tipo de processo. Não acontecerá em um dia... Vamos lidar com as questões passo a passo”, disse Haavisto a repórteres.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A declaração de Erdogan pareceu ser surpreendente à Finlândia, após Haavisto visitar a Turquia duas vezes nos últimos meses e o presidente finlandês, Sauli Niinisto, falar com Erdogan por telefone no começo de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a ligação, Niinisto tuitou: “A Turquia apoia os objetivos da Finlândia”.

Niinisto e a primeira-ministra finlandesa, Sanna Marin, deram início ao processo de entrada da Finlândia à Otan na quinta-feira ao anunciar que ambos eram a favor de se juntar à aliança, uma mudança brusca de política motivada pela invasão da Rússia à Ucrânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email