FMI diz que dívida argentina é insustentável

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse em comunicado nesta quarta-feira que a dívida pública bruta argentina aumentou cerca de 90% do produto interno bruto (PIB), como resultado da desvalorização de mais de 40% do peso desde julho, o que a torna insustentável

(Foto: Vitor Caivano/AP/Sputnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A equipe do Fundo Monetário Internacional (FMI) que visitou a Argentina na quarta-feira (19), concluiu que a dívida do país sul-americano "não é sustentável" e é necessária uma reestruturação.

Em uma declaração, a instituição argumenta que a dívida pública bruta aumentou cerca de 90% do produto interno bruto (PIB), como resultado da desvalorização de mais de 40% do peso desde julho, o aumento do risco-país, a queda nas reservas internacionais e a contração da economia, informa a Telesul.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247