Forças sírias deixam 85 mortos em Damasco

Forças da Síria e milicianos leais ao presidente Bashar al-Assad mataram pelo menos 85 pessoas neste domingo, incluindo mulheres e crianças, ao atacarem um subúrbio em Damasco após cinco dias de combates, afirmaram ativistas de oposição na região

Forças sírias deixam 85 mortos em Damasco
Forças sírias deixam 85 mortos em Damasco
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

AMMAN (Reuters) - Forças da Síria e milicianos leais ao presidente Bashar al-Assad mataram pelo menos 85 pessoas neste domingo, incluindo mulheres e crianças, ao atacarem um subúrbio em Damasco após cinco dias de combates, afirmaram ativistas de oposição na região.

"Identificamos 85 executados sumariamente, incluindo 28 baleados em um hospital improvisado após as forças de Assad terem entrado em Jdeidet al-Fadel. Tememos que o número de vítimas do massacre seja muito maior", disse Abu Ahmad al-Rabi, ativista no distrito adjacente de Jdeidet Artouz.

Não havia confirmação imediata sobre o número fornecido pelos ativistas. Autoridades sírias baniram a maior parte dos veículos de comunicação independentes desde a revolta de dois anos atrás.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247