Governo alerta para infiltração de terroristas em manifestações da oposição venezuelana

O governo venezuelano, por meio de seu ministro de Comunicação, Cultura e Turismo, Jorge Rodríguez, denunciou que setores do direitista Partido da Vontade Popular treinou células de terroristas para provocar cenas de violência na manifestação da oposição marcada para esta quarta-feira (23)

Governo alerta para infiltração de terroristas em manifestações da oposição venezuelana
Governo alerta para infiltração de terroristas em manifestações da oposição venezuelana

247, com AVN - O governo venezuelano, por meio de seu ministro de Comunicação, Cultura e Turismo, Jorge Rodríguez, denunciou que setores do direitista Partido da Vontade Popular treinou células de terroristas para provocar cenas de violência na manifestação da oposição marcada para esta quarta-feira (23).

De acordo com investigações preliminares, feitas seis semanas atrás, foram detectados grupos terroristas em Caracas que depois se mudaram para as cidades de San Cristobal (Táchira) e Cúcuta (Colômbia) para completar as fases de treinamento a fim de "perpetrar atos de violência".

O ministro explicou que a rebelião de um grupo de militares da Guarda Nacional tinha por finalidade roubar armas de guerra para usá-las na manifestação desta quarta-feira.

Neste sentido, Rodriguez disse que 51 armas foram roubadas pelo "grupo de assaltantes"; um total de 40 foram recuperadas, enquanto 11 estão "nas mãos de terroristas".

Os terroristas podem também usar falsos uniformes das forças armadas com a intenção de abrir fogo contra os manifestantes, atribuindo a ação às forças sob o comando do governo.

Jorge Rodríguez disse que o objetivo do plano violento, como ocorreu durante as manifestações com barricadas da oposição em 2017, é criar as condições para a derrubada do governo legítimo do presidente Nicolás Maduro.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247