Governo chinês detalha plano de ações sobre direitos humanos

O documento lista cerca de 200 ações e metas para o período de 2021-2025

(Foto: Mídia chinesa)
Siga o Brasil 247 no Google News

Rádio Internacional da China - O Departamento de Comunicação do Conselho de Estado da China realizou nesta terça-feira (14) uma coletiva de imprensa, convidando especialistas para esclarecer os principais conteúdos do Plano de Ação dos Direitos Humanos da China (2021-2025) emitido dias atrás.

O projeto tem oito partes: "Introdução", "Direitos Econômicos, Sociais e Culturais", "Direitos Civis e Políticos", "Direitos Ambientais", "Proteção dos Direitos de Determinados Grupos", "Educação e Pesquisa em Direitos Humanos", "Participação na Governança Global dos Direitos Humanos", bem como "Implementação, Supervisão e Avaliação".

O documento lista cerca de 200 ações e metas para o período de 2021-2025. Entre elas, foi salientada a promoção do desenvolvimento livre, bem fundamentado e comum de todos os indivíduos como objetivo geral e a proteção dos direitos econômicos, sociais e culturais do povo para atender suas expectativas por uma vida melhor. 

PUBLICIDADE

O plano ainda prevê os esforços para salvaguardar os direitos civis e políticos da população e promover a sua participação efetiva nos assuntos sociais; seguir o conceito de valorizar águas claras e montanhas verdes como bens inestimáveis; reforçar a proteção igualitária dos direitos e interesses de grupos particulares e fornecer assistência extra a estes; conduzir uma ampla pesquisa, educação e treinamento de direitos humanos e desenvolver a conscientização neste campo; e participar da governança global dos direitos humanos e se engajar em todo trabalho relacionado aos mecanismos de direitos humanos da ONU.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email