Governo de Hong Kong alerta que violência ilegal traz grande perigo

A violência ilegal está colocando Hong Kong à beira de um grande perigo, disse o governo da cidade nesta segunda-feira (26), na esteira de um final de semana de confrontos

Violência em Hong Kong
Violência em Hong Kong (Foto: Sputnik)

Reuters - A violência ilegal está colocando Hong Kong à beira de um grande perigo, disse o governo da cidade nesta sgeunda-feira (26), na esteira de um final de semana de confrontos que incluiu o primeiro disparo de uma arma e a prisão de 86 pessoas.

A polícia usou jatos de água e gás lacrimogêneo em confrontos com manifestantes que atiraram tijolos e coquetéis molotov no domingo, o segundo dia dos embates do final de semana na cidade. 

Seis policiais sacaram as pistolas e um deles disparou um tiro de alerta para o alto, disse a polícia em um comunicado, acrescentando que 215 cilindros de gás lacrimogêneo e 74 balas de borracha foram disparados ao longo dos dois dias.

"Os atos ilegais e violentos crescentes de manifestantes radicais são não só ultrajantes, eles também colocam Hong Kong à beira de uma situação muito perigosa", disse o governo em um comunicado.

Os protestos começaram em meados de junho contra um projeto de lei hoje suspenso que teria permitido que pessoas de Hong Kong fossem extraditadas à China continental para julgamento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247