Guaidó se declara 'presidente encarregado' da Venezuela

Opositor de Nicolás Maduro e chefe do parlamento venezuelano, Juan Guaidó fez juramento de assumir formalmente poderes executivos como presidente encarregado do país

Guaidó se declara 'presidente encarregado' da Venezuela
Guaidó se declara 'presidente encarregado' da Venezuela (Foto: REUTERS / Manaure Quintero)

Sputnik Brasil - O chefe do parlamento venezuelano, Juan Guaidó, fez juramento de assumir formalmente poderes executivos como presidente encarregado do país.

"Hoje, no dia 23 de janeiro de 2019, eu formalmente faço o juramento como presidente encarregado da Venezuela", disse o presidente da Assembléia Nacional diante de milhares de venezuelanos em Caracas.

​O parlamentar disse que seus objetivos são: instalar um governo de transição, por fim à "usurpação" da presidência por Maduro e a realização de eleições livres.

"Agora, irmãos venezuelanos e venezuelanas (…), sabemos que isso não é pessoal, sabemos que isso terá consequências, sabemos do que é necessário para poder permanecer nas ruas da Venezuela até que a democracia seja alcançada, não vamos permitir que este grande movimento de esperança se esvazie", acrescentou.

Minutos antes, o Supremo Tribunal de Justiça solicitou por escrito ao Ministério Público que investigasse a suposta responsabilidade criminal dos membros da Assembleia Nacional por assumir poderes do Poder Executivo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247