Guru de Bolsonaro, Olavo agride Mourão e o chama de idiota

O astrólogo Olavo de Carvalho, que indicou dois dos piores ministros de Jair Bolsonaro, que são Ernesto Araújo e Vélez Rodriguez, agrediu o vice Hamilton Mourão chamando-o de "idiota" em uma recepção feita em sua homenagem, em uma das salas do Trump Hotel, organizada pelo ex-estrategista de Trump e agitador de movimentos populistas de direita Steve Bannon; o guru afirma que Mourão, desde a posse, mudou de lado e é "pró-aborto, pró-desarmamento e pró-Nicolás Maduro"

Guru de Bolsonaro, Olavo agride Mourão e o chama de idiota
Guru de Bolsonaro, Olavo agride Mourão e o chama de idiota

247 - O astrólogo Olavo de Carvalho, que indicou dois dos piores ministros de Jair Bolsonaro, que são Ernesto Araújo e Vélez Rodriguez, agrediu o vice Hamilton Mourão chamando-o de "idiota" em uma recepção feita em sua homenagem, em uma das salas do Trump Hotel, em Washington, organizada pelo ex-estrategista de Trump e agitador de movimentos populistas de direita Steve Bannon.

Bannon e Olavo de Carvalho se conheceram em janeiro e, agora, o americano disse querer levar o pensamento de Olavo ao mundo e computa ao filósofo a ascensão de Bolsonaro. “Ideias têm consequências. Uma das consequências das ideias do professor Olavo é o capitão Bolsonaro”, afirmou Bannon.

Segundo informa o jornal Estado de S.Paulo, questionado se estava otimista com o Brasil, Olavo de Carvalho afirmou: “Não, não, não. Vou ser sincero. Eu amo esse cara, o Bolsonaro. Mas ele está rodeado de traidores, eu não confio em praticamente ninguém no governo exceto nele”, disse Olavo, que estará com Bolsonaro neste domingo (17), em jantar na residência do embaixador do Brasil nos EUA.

Ele segue suas críticas, agora focado em Mourão. "Um cara idiota". "O presidente viaja e qual a primeira coisa que ele faz? Viaja a São Paulo para um encontro político com Doria. Esse cara não tem ideia do que é vice-presidência. Durante a viagem, ele tem que ficar em Brasília", afirmou Olavo. Ele disse que Mourão, desde a posse, mudou de lado e é "pró-aborto, pró-desarmamento e pró-Nicolás Maduro". A conversa com jornalistas foi interrompida quando Olavo se irritou com a pergunta de um jornalista do Financial Times.

A reportagem ainda indica que, o falar sobre a imagem de Bolsonaro no mundo – criticada de veículos estrangeiros por posições consideradas racistas e preconceituosas -, Olavo afirmou que “a imagem é um mito criado pelos jornalistas”. “Os jornalistas brasileiros são, a maioria, viciados em drogas. Não estou exagerando”, afirmou.

Olavo, contudo, disse que Bolsonaro não tem ideologia. Olavo de Carvalho disse que Bolsonaro foi eleito porque representava um “mal menor” do que Fernando Haddad, que concorreu à presidência pelo PT em 2018. “Por isso que ele foi eleito, não por causa de suas ideias políticas que até hoje não sei quais são. 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247