Hungria recebe pedido dos EUA para enviar tropas adicionais para eventual confronto com Rússia

Budapeste recebeu um pedido dos Estados Unidos para o envio adicional de tropas estrangeiras, visando um eventual confronto com a Rússia relacionado à Ucrânia

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


Spuntik - Budapeste recebeu um pedido dos Estados Unidos para o envio adicional de tropas estrangeiras, visando um eventual confronto com a Rússia relacionado à Ucrânia. A informação foi divulgada pelo ministro das Relações Exteriores húngaro, Peter Szijjarto, nesta sexta-feira (28).

"Recebemos um pedido dos Estados Unidos para o envio de tropas estrangeiras. O Ministério da Defesa está coordenando essa questão", disse Szijjarto, em transmissão em sua conta no Facebook.

Em 27 de janeiro, a rede de televisão europeia Sky News informou que os países da OTAN consideravam a criação de novas unidades de combate com mil homens na Romênia, na Bulgária, na Hungria e na Eslováquia.

As novas unidades seriam semelhantes às já dispostas na Polônia e nos países do Báltico.

O Ocidente e a Ucrânia se dizem preocupados com a intensificação da atividade militar da Rússia perto da fronteira ucraniana, interpretando o movimento como preparativo para uma invasão.

A Rússia rejeita a suspeita e acusa a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) de ameaçar sua segurança nacional ao elevar atividades militares próximo a suas fronteiras.

O país também defende o direito de mover forças dentro de seu próprio território.

Segundo o chanceler russo, Sergei Lavrov, a Rússia não descarta que a "histeria" sobre a Ucrânia promovida pelo Ocidente visa acobertar Kiev devido ao não cumprimento dos Acordos de Minsk, tratado que busca soluções de paz para os conflitos em Donbass.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email