Irã conta quantas bases militares dos EUA estão 'na sua linha de tiro'

Trinta e seis bases militares dos EUA estão dentro do alcance das Forças Armadas iranianas, declarou o chefe do Comitê Nacional de Segurança e Política Externa do parlamento, Mojtaba Zulnur

(Foto: AP Photo / Darko Bandic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Parlamentar iraniano reage ao assassinato de alto comandante militar pelas forças dos EUA apontando quantas bases dos EUA são suscetíveis a ataques iranianos.

Trinta e seis bases militares dos EUA estão dentro do alcance das Forças Armadas iranianas, declarou o chefe do Comitê Nacional de Segurança e Política Externa do parlamento, Mojtaba Zulnur.

"Se os norte-americanos apontarem contra nossas forças em outros países da região, para nós será ainda mais simples e fácil apontar contra os americanos."

Neste contexto, o parlamentar lembrou que a base dos EUA mais próxima do Irã se encontra no Bahrein.

Os comentários foram feitos após um ataque dos EUA ter eliminado o alto comandante iraniano Qassam Soleimani.

Anteriormente, o Pentágono assumiu a autoria dos ataques realizados no aeroporto internacional de Bagdá, que resultaram na morte do comandante da força Quds, nesta sexta-feira (3).

Os ataques também vitimaram o vice-comandante das milícias xiitas iraquianas, Abu Majid al-Muhandis, que havia sido apontado pelo secretário de Estado dos EUA como responsável pela invasão da Embaixada dos EUA em Bagdá por militantes xiitas, no dia 31 de janeiro.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247