Irã pede que a Europa ajude a promover o retorno dos EUA ao acordo nuclear

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, disse que foram os EUA que se retiraram do acordo nuclear e desencadearam uma guerra econômica contra o país e que a Europa pode ajudar no retorno da superpotência norte-americana ao pacto

Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif
Ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohamad Javad Zarif, disse na segunda-feira (1) que o alto representante da União Europeia para Relações Exteriores e Política de Segurança, Josep Borrell, poderia articular medidas que devem ser tomadas por Washington e Teerã para resolver o confronto diplomático sobre quem deve dar o primeiro passo e, assim, retornar aos termos do acordo nuclear de 2015.

Zarif propôs a Europa como mediadora, acreditando que ela tem um bom mecanismo para "sincronizar ou coordenar o que pode ser feito" para garantir o cumprimento integral do acordo nuclear, do qual os EUA saíram em 2018 imposição de sanções contra a nação iraniana.

O chefe da diplomacia iraniana reiterou que foram os Estados Unidos que se retiraram do acordo e embora o governo do Irã já tivesse demonstrado que é capaz de cumprir os seus compromissos, agora cabe a Washington fazê-lo, levantando todas as sanções, informa a RT.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email