Israel cancela acordo com ONU sobre realocação de imigrantes africanos

Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou o cancelamento de um acordo com a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) para realocar milhares de imigrantes africanos, depois de anunciar a suspensão do acordo; "Ouvi cuidadosamente os muitos comentários sobre o acordo. Como resultado, e de novo depois de eu pesar as vantagens e desvantagens, decidir cancelar o acordo", disse Netanyahu

Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, durante conferência em Tel Aviv 27/03/2018 REUTERS/Amir Cohen
Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, durante conferência em Tel Aviv 27/03/2018 REUTERS/Amir Cohen (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta terça-feira o cancelamento de um acordo com a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) para realocar milhares de imigrantes africanos, depois de anunciar a suspensão do acordo.

“Ouvi cuidadosamente os muitos comentários sobre o acordo. Como resultado, e de novo depois de eu pesar as vantagens e desvantagens, decidir cancelar o acordo”, disse Netanyahu em comunicado divulgado pelo gabinete do primeiro-ministro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247