Italianos vão às urnas para eleger parlamento

A disputa será dada entre uma coalizão de direita, liderada por Silvio Berlusconi e outros políticos; outra de centro esquerda liderada pelo Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, que nas previsões e o Movimento 5 Estrelas (M5S), que se apresenta como sem ideologia e antiestablishment, liderado pelo comediante italiano Beppe Grillo

A disputa será dada entre uma coalizão de direita, liderada por Silvio Berlusconi e outros políticos; outra de centro esquerda liderada pelo Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, que nas previsões e o Movimento 5 Estrelas (M5S), que se apresenta como sem ideologia e antiestablishment, liderado pelo comediante italiano Beppe Grillo
A disputa será dada entre uma coalizão de direita, liderada por Silvio Berlusconi e outros políticos; outra de centro esquerda liderada pelo Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, que nas previsões e o Movimento 5 Estrelas (M5S), que se apresenta como sem ideologia e antiestablishment, liderado pelo comediante italiano Beppe Grillo (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – Neste domingo (4), cerca de 46 milhões de italianos deve ir às urnas para reformular o parlamento do país em eleições gerais.

Os locais de votação vão abrir as portas às 7h no horário local (3h, em Brasília) e fecharão às 23h no horário italiano (19h). A apuração será iniciada logo em seguida, começando pelos votos do Senado e depois da Câmara dos Deputados.

Os eleitores vão escolher os 630 deputados e 315 senadores que compõe o parlamento italiano.

A disputa será dada entre uma coalizão de direita, liderada por Silvio Berlusconi e outros políticos; outra de centro esquerda liderada pelo Partido Democrata (PD) de Matteo Renzi, que nas previsões e o Movimento 5 Estrelas (M5S), que se apresenta como sem ideologia e antiestablishment, liderado pelo comediante italiano Beppe Grillo. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247