Jornal oficial da Coreia do Norte critica jogo duplo dos EUA

O jornal Rodong Sinmun, que expressa as opiniões oficiais da Coreia do Norte, acusou neste domingo (26) os Estados Unidos de "fazer jogo duplo"; recentemente, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo (na foto , em encontro anterior com o líder norte-coreano), suspendeu uma viagem marcada a Pyongyang 

Jornal oficial da Coreia do Norte critica jogo duplo dos EUA
Jornal oficial da Coreia do Norte critica jogo duplo dos EUA

247, com Reuters e Rodong Sinmun - O jornal Rodong Sinmun, que expressa as opiniões oficiais da Coreia do Norte, acusou neste domingo (26) os Estados Unidos de "fazer jogo duplo". Recentemente, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, (na foto, em encontro anterior com o líder norte-coreano), suspendeu uma viagem marcada a Pyongyang. 

As dificuldades para que ambos os países prossigam os entendimentos depois que se realizou a reunião entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, em Cingapura em junho último, surgiram porque o secretário de Estado Mike Pompeo tem pressionado a Coreia do Norte a eliminar seu arsenal nuclear unilateralmente. Mas Pyongyang exige que Washington faça antes suas próprias concessões.

O jornal norte-coreano disse que unidades especiais norte-americanas situadas no Japão estavam preparando uma infiltração em Pyongyang, citando como fonte um veículo da mídia sul-coreana.

O jornal também denuncia que de finais de julho até o início de agosto, o submarino nuclear norteamericano Michigan transportou unidades especiais acantonadas na base de Okinawa, no Japão, até a base naval de Jinhae na Coreia do Sul.

Para Rodong Sinmun, trata-se de manobras militares com caráter provocador, que constituem uma ameaça e um obstáculo à implantação da paz na Península Coreana, ao ambiente de diálogo entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos e ao espírito da declaração conjunta assinada pelos presidentes Kim Jong Un e Donald Trump.

O jornal enfatiza que a Coreia do Norte não pode fazer outra coisa senão encarar com seriedade o jogo duplo e insta os Estados Unidos a atuar em outra direção.

O veículo insistiu em que Washington desista dos "jogos militares inúteis" e implemente o acordo de Cingapura, no qual os líderes se comprometeram a trabalhar por uma completa desnuclearização da Península Coreana.

Desde a realização da cúpula, os dois lados têm tido dificuldade para reduzir suas diferenças sobre o programa de armas nucleares norte-coreano.

Pyongyang está pedindo uma declaração de paz como parte das garantias de segurança, planejadas para encorajar o seu abandono das armas nucleares e mísseis, enquanto a administração Trump diz que um acordo de paz e outras concessões virão apenas depois de ver um maior progresso na desnuclearização.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247