Líder do EI no Afeganistão é morto em combate, diz governo

Chefe do Estado Islâmico no Afeganistão, Abdul Hasib, foi morto em uma operação liderada por forças especiais afegãs na província de Nangarhar, ao leste do país, anunciou o presidente Ashraf Ghani; Hasib, nomeado no ano passado, após seu antecessor Hafiz Saeed Khan morrer em um ataque por um drone dos Estados Unidos, é apontado como responsável por ordenar uma série de importantes ataques, incluindo um em março que mirou o principal hospital militar de Kabul

Soldados dos EUA e afegãos, Afeganistão, Estado Islâmico, Daes, terrorismo
Soldados dos EUA e afegãos, Afeganistão, Estado Islâmico, Daes, terrorismo (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O chefe do Estado Islâmico no Afeganistão, Abdul Hasib, foi morto em uma operação liderada por forças especiais afegãs na província de Nangarhar, ao leste do país, anunciou o presidente Ashraf Ghani neste domingo.

Hasib, nomeado no ano passado, após seu antecessor Hafiz Saeed Khan morrer em um ataque por um drone dos Estados Unidos, é apontado como responsável por ordenar uma série de importantes ataques, incluindo um em março que mirou o principal hospital militar de Kabul, alvo de um grupo de militantes disfarçados como médicos, segundo comunicado.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247