Lukaku diz que Itália precisa combater o racismo para atrair jogadores de elite

Romelu Lukaku, atacante da Inter de Milão que foi alvo de ofensas raciais de torcedores do Cagliari, disse que o futebol italiano precisa combater o racismo nos estádios se quiser atrair jogadores de elite para sua liga

(Foto: REUTERS/Daniele Mascolo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

MILÃO (Reuters) - Romelu Lukaku, atacante da Inter de Milão que foi alvo de ofensas raciais de torcedores do Cagliari no domingo, disse que o futebol italiano precisa combater o racismo nos estádios se quiser atrair jogadores de elite para sua liga.

O atacante da Bélgica, que disputava seu segundo jogo no país desde que saiu do Manchester United, foi recebido por torcedores situados atrás do gol com imitações de macaco quando chegou para bater um pênalti que converteu na vitória de 2 x 1.           

Lukaku disse na edição italiana da revista Rolling Stone que quer se concentrar em ajudar seu time a vencer.

Mas quando foi indagado se os jogadores deveriam sair de campo em casos de ofensa racial, pareceu concordar.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247