Maduro diz que loucos de extrema-direita no Brasil querem invadir a Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou a Casa Branca de ter um papel direto na tentativa de assassiná-lo e que "loucos da extrema-direita" do governo brasileiro estariam planejando invadir seu país; segundo ele, Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão, estão obcecados com a ideia de invadir a Venezuela; "Ninguém no Brasil quer que o novo governo de Jair Bolsonaro se envolva em uma aventura militar", disse Maduro

Maduro diz que loucos de extrema-direita no Brasil querem invadir a Venezuela
Maduro diz que loucos de extrema-direita no Brasil querem invadir a Venezuela

247 - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou nesta quarta-feira 12 a Casa Branca, do presidente dos EUA, Donald Trump, de ter um papel direto na tentativa de assassiná-lo e afirmou que "loucos ultra-direitistas" dentro do governo brasileiro estavam planejando invadir seu país.

O presidente da Venezuela também atacou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e seu vice-presidente, Hamilton Mourão, que ele afirmou estar obcecado com a idéia de invadir a Venezuela. "Ninguém no Brasil quer que o novo governo de Jair Bolsonaro se envolva em uma aventura militar", disse Maduro.

As declarações foram feitas numa entrevista coletiva no Palácio Miraflores, a sede do governo venezuelano, em Caracas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247