Maduro: Snowden pode viajar à Venezuela quando quiser

Ex-técnico da CIA será recebido na Venezuela se assim quiser, insistiu o presidente do país, Nicolás Maduro, apesar de Edward Snowden ainda não ter revelado se aceitará sua oferta de asilo

Maduro: Snowden pode viajar à Venezuela quando quiser
Maduro: Snowden pode viajar à Venezuela quando quiser

CARACAS, Reuters - O norte-americano Edward Snowden será recebido na Venezuela se assim quiser, insistiu nesta segunda-feira o presidente do país, Nicolás Maduro, apesar de o ex-funcionário da agência de espionagem dos Estados Unidos ainda não ter revelado se aceitará sua oferta de asilo.

O governo socialista de Caracas esperava ter nesta segunda-feira uma resposta oficial de Snowden, que está em um dos aeroportos de Moscou com uma ordem de prisão emitida pelos Estados Unidos por ter revelado detalhes de inteligência de seu país.

Bolívia e Nicarágua, governados por presidentes de esquerda, também expressaram sua disposição de conceder asilo a Snowden, de 30 anos, no que foi visto como um desafio a Washington depois de ter enviado um pedido geral de extradição e advertido que retaliará o país que der refúgio ao fugitivo.

"Ele terá que decidir quando voa para cá, se é que quer voar para cá", disse Maduro a jornalistas, depois de se reunir com seu homólogo do Panamá, Ricardo Martinelli.

Snowden é perseguido por divulgar detalhes de programas secretos de vigilância e os EUA cancelaram seu passaporte, deixando o norte-americano em um limbo legal para sair de Moscou, onde chegou em 23 de junho vindo de Hong Kong.

Na tentativa de evitar as acusações de espionagem, ele pediu asilo a cerca de 20 países. Alguns rejeitaram avaliar o pedido, outros disseram não poder processar a solicitação porque ele estava fora de seus territórios e outros não comentaram a petição de Snowden.

(Reportagem de Sebastián Rocandio)

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247