Mais de mil centro-americanos aguardam definição de status migratório no México

Mais de um milhar de centro-americanos instalados no México prosseguem sem definir seu status migratório, pelo que se desconhece se permanecerão no país ou se continuarão a viagem rumo aos Estados Unidos

Mais de mil centro-americanos aguardam definição de status migratório no México
Mais de mil centro-americanos aguardam definição de status migratório no México

247, com Prensa Latina - Mais de um milhar de centro-americanos instalados no México prosseguem sem definir seu status migratório, pelo que se desconhece se permanecerão no país ou se continuarão a viagem rumo aos Estados Unidos.

O secretário de Segurança de Coahuila, José Luis Pliego Corona, informou que o albergue habilitado em Piedras Negras, nas antigas instalações de uma empresa maquiladora, recebeu 1.677 integrantes da caravana que permanecem ali desde 4 de fevereiro.

A autoridade mexicana indicou que depois de cumprir os trâmites legais, 386 pessoas saíram do albergue de forma voluntária para ir a outros estados trabalhar, enquanto que outros 106 preferiram voltar a seus países de origem.

As autoridades mexicanas deportaram 69 pessoas aos seus países ao verificar algum antecedente ou situação ilegal que exigia esse procedimento. O restante, 116, segue tentando definir sua situação migratória e com base na resposta qye recebam do Instituto Nacional de Migração e dos Estados Unidos, escolherão seu caminho.

Dos 1.520 migrantes que se encontravam originalmente no albergue da capital, 886 eram homens, 319 mulheres, 94 adolescentes, 79 crianças e 30 com outras categorizações.

Autoridades da capital indicaram que no local se mantém a coordenação das distintas dependências do governo local e federal, assim como a Comissão de Direitos Humanos, em apoio aos migrantes provenientes em sua maioria de Honduras, Guatemala, El Salvador e Nicarágua.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247