Medellín se despede da Chapecoense aos gritos de 'É Campeão'

Aviões da Força Aérea Brasileira chegaram na tarde desta sexta (2) em Medellín para buscar os corpos das vítimas do acidente de avião da Chapecoense; os corpos foram levados da funerária em direção à base aérea acompanhados por um cortejo emocionado da população colombiana; aos aplausos e gritos de 'É Campeão!', a cidade parou para se despedir das vítimas; "É uma demonstração linda de solidariedade", disse o prefeito da cidade de Chapecó, Luciano Buligon

Aviões da Força Aérea Brasileira chegaram na tarde desta sexta (2) em Medellín para buscar os corpos das vítimas do acidente de avião da Chapecoense; os corpos foram levados da funerária em direção à base aérea acompanhados por um cortejo emocionado da população colombiana; aos aplausos e gritos de 'É Campeão!', a cidade parou para se despedir das vítimas; "É uma demonstração linda de solidariedade", disse o prefeito da cidade de Chapecó, Luciano Buligon
Aviões da Força Aérea Brasileira chegaram na tarde desta sexta (2) em Medellín para buscar os corpos das vítimas do acidente de avião da Chapecoense; os corpos foram levados da funerária em direção à base aérea acompanhados por um cortejo emocionado da população colombiana; aos aplausos e gritos de 'É Campeão!', a cidade parou para se despedir das vítimas; "É uma demonstração linda de solidariedade", disse o prefeito da cidade de Chapecó, Luciano Buligon (Foto: Valter Lima)

Sputnik - Aviões da Força Aérea Brasileira chegaram nesta tarde em Medellín para buscar os corpos das vítimas do acidente de avião da Chapecoense.

Os corpos dos jornalistas, jogadores e membros da delegação da Chapecoense saíram da funerária em direção à base aérea acompanhados por um cortejo emocionado da população colombiana.

Aos aplausos e gritos de 'É Campeão!', a cidade parou para se despedir das vítimas enquanto passava o comboio com 37 carros. Ruas e vias de Medellín foram fechadas para que a população acompanhasse o cortejo fúnebre.

 

 

"É uma demonstração linda de solidariedade", disse o prefeito da cidade de Chapecó, Luciano Buligon, que seguiu em um carro acompanhando o comboio na companhia do embaixador brasileiro na Colômbia, Julio Bitelli. O presidente brasileiro, Michel Temer, vai acompanhar a chegada dos corpos no aeroporto da cidade de Chapecó, mas, segundo informações do Palácio do Planalto, o presidente não deve ir ao velório na Arena Condá.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247