Mísseis norte-coreanos são retirados de local de lançamento

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, advertiu a Coreia do Norte no mês passado que seria um "grande erro" lançar os mísseis de médio alcance, mas as expectativas de um teste colocaram a Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão em alerta

Mísseis norte-coreanos são retirados de local de lançamento
Mísseis norte-coreanos são retirados de local de lançamento

Reuters - A Coreia do Norte moveu dois mísseis Musudan que estavam prontos para serem disparados de uma plataforma na costa leste do país, disseram à Reuters autoridades norte-americanas nesta segunda-feira, após semanas de preocupação com um possível teste de Pyongyang.

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, advertiu a Coreia do Norte no mês passado que seria um "grande erro" lançar os mísseis de médio alcance, mas as expectativas de um teste colocaram a Coreia do Sul, os Estados Unidos e o Japão em alerta.

Uma autoridade norte-americana, falando sob condição de anonimato, advertiu que os mísseis ainda eram móveis e que o fato de que eles haviam sido transferidos não dava nenhuma garantia de que não seriam posicionados em outro lugar e disparados em algum momento.

"É prematuro comemorar isso como uma boa notícia", disse o diretor sênior para assuntos asiáticos no Conselho de Segurança Nacional, Daniel Russel.

No entanto, uma terceira fonte norte-americana, também falando sob anonimato, disse que os Estados Unidos não acreditavam que os mísseis haviam sido movidos para um local de lançamento alternativo, mas que estavam em uma área sem operação.

Os mísseis Musudan têm um alcance de cerca de 3.000 a 3.500 quilômetros. Um possível teste de lançamento, dependendo de sua trajetória, poderia ter aumentado dramaticamente as tensões na Península Coreana.

A decisão da Coreia do Norte de mover os mísseis coincidiu com os preparativos do presidente norte-americano, Barack Obama, para receber a presidente sul-coreana, Park Guen-hye, na Casa Branca, na terça-feira.

O porta-voz do Pentágono, George Little, se recusou a comentar o status dos mísseis norte-coreanos.

(Por Phil Stewart, com reportagem adicional de Steve Holland)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247