Nova onda de protestos no Egito

Polcia volta a confrontar manifestantes, depois da tragdia que matou 74 pessoas numa partida de futebol

Nova onda de protestos no Egito
Nova onda de protestos no Egito (Foto: REUTERS)

Manifestantes e a polícia voltaram a entrar em confronto neste domingo no Cairo, ainda em consequência da violência registrada durante a partida de futebol que matou 74 pessoas na última quinta-feira. Os manifestantes se revoltaram contra a falta de apoio dos militares do Egito para evitar a tragédia. Centenas de policiais bloquearam ruas que levam até o Ministério do Interior no centro da capital, e utilizaram gás lacrimogêneo para afastar os manifestantes, que atiravam pedras.

Um muro de concreto foi construído pela polícia na rua, onde tiveram inícios os confrontos.

O Ministério da Saúde informou que, ontem, 12 pessoas morreram no Cairo e na cidade de Suez, após a violência que começou na quinta-feira. Os manifestantes foram para as ruas em todo o país na sexta-feira para pedir que os generais que governam o Egito deixem o poder imediatamente. Eles são acusados de semear o caos deliberadamente para justificar seu status no poder. As informações são da Dow Jones.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247