Nova York defende isolamento social e convoca voluntários para lidar com riscos mentais da pandemia

O governador do estado de Nova York convocou cerca de seis mil profissionais de saúde para ajudar gratuitamente as pessoas a lidar com riscos mentais da pandemia

Nova York
Nova York (Foto: REUTERS/Lucas Jackson)

247 - O governador do estado de Nova York, o democrata Andrew Cuomo, que se projetou como líder nacional no combate ao coronavírus, anunciou que 6.000 profissionais de saúde mental responderam ao seu apelo e vão atender, de graça e via internet, nova-iorquinos durante o período da quarentena obrigatória.

Reportagem da Folha de S.Paulo aponta que 9 entre 10 adultos americanos estão preocupados com o coronavírus, e metade teme perder seus empregos e não conseguir pagar as contas. 

Andrew Cuomo mencionou dados iniciais de internação por Covid-19 que apontam para a eficácia do distanciamento social. 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247